West Africa Rating Agency: veja a classificação nacional na escala regional da WARA

A Agência de Classificação da África Ocidental (WARA) atribui, pela primeira vez, as seguintes classificações soberanas a quatro países da zona da UEMOA, na sua escala regional

A metodologia utilizada pela WARA para classificar estes quatro países na sub-região é a Metodologia de Classificação Soberana, publicada pela primeira vez em 15 de Julho de 2012, revista em Janeiro de 2021, e disponível no sítio Web da WARA.

  • República do Benim: A-/Stable/w-3
  • República do Burkina Faso: BBB-/Stable/w-4
  • República da Costa do Marfim: A/Stable/w-3
  • República da Guiné-Bissau : BB-/Stable/w-5

Ao mesmo tempo, na sua escala internacional, a WARA atribui as seguintes classificações soberanas a estes quatro países

  • República do Benim: iB+/Stable/iw-5
  • República do Burkina Faso: iB/Stable/iw-6
  • República da Costa do Marfim: iBB-/Stable/iw-5
  • República da Guiné-Bissau: iCCC+/Stable/iw-6.

A classificação da República da Guiné-Bissau na escala regional da WARA (BB-/Stable/w-5) é limitada por uma pequena economia, muito dependente do sector da castanha de caju, um grau de competitividade e atractividade limitado por uma história política tumultuada, embora em processo de estabilização, uma dívida pública crescente e indicadores de governação muito perfectíveis. Dito isto, a economia da Guiné-Bissau tem um potencial considerável, particularmente nos sectores mineiro, logístico e turístico.

República do Benim: A classificação da República do Benim na escala regional da WARA (A-/Stable/w-3) é sustentada pela sua política económica estrutural proactiva, melhoria dos indicadores de governação, dívida pública sob controlo e a sua posição como centro de comércio sub-regional. No entanto, a sua competitividade internacional, o seu sector bancário e a elevada elasticidade do seu desempenho macroeconómico em relação ao da Nigéria continuam a ser constrangimentos.

República do Burkina Faso: A classificação da República do Burkina Faso na escala regional da WARA (BBB-/Stable/w-4) é alimentada pela prudente política económica cíclica das suas autoridades, especialmente em termos de dívida pública, que está sob controlo. O crescimento económico estrutural é robusto, reforçado por uma boa governação. Por outro lado, os desafios sociais e de segurança são intensos, assim como as exigências de diversificação económica.

República da Costa do Marfim: A classificação da República da Costa do Marfim na escala regional WARA (A/Stable/w-3) baseia-se na dimensão da sua economia (40% do PIB sub-regional), na sua elevada diversificação e no ritmo muito sustentado do seu crescimento, apesar das restrições sanitárias e da volatilidade dos preços das matérias-primas. Por outro lado, as incertezas políticas continuam a ser recorrentes e os períodos eleitorais são sempre momentos febril e delicados. A dívida pública está sob controlo.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: