Viriato Cassamá: “ Guiné-Bissau não tem plano adequado para gestão florestal”

O Ministro do Ambiente e Biodiversidade, difundiu esta quarta-feira 13/01/2021, a apreensão de cerca de cinco mil madeiras.

Viriato Cassamá, informou a existência de mais de dezanove mil madeiras identificadas segundo os dados da Brigada de proteção da Natureza e ambiente. E tudo indica que são novos cortes a partir da moratória.

“ A floresta da Guiné-Bissau é rica, mas o próprio país não tem plano adequado para uma boa gestão” afirmou

Cassamá, ainda informa que, quem emiti licenças para cortes será responsabilizado judicialmente, pois, a comissão tem a função de gerir e reorganizar o setor florestal.

Segundo o Ministro, após a recuperação e venda das madeiras, a receita será destinado ao estado da Guiné-Bissau.

De sublinhar que o próximo passo do trabalho da comissão para a confiscaçao dos dezanove mil madeiras ocorrerá na próxima semana.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

Ligue-nos

Share on Social Media
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x