UNTG confirma a marcha do dia 28 Julho apesar de “NAO” do ministério do interior

Por: Martinho Mendes

A União Nacional dos Trabalhadores da Guiné, confirmou esta sexta-feira, 16-07-2021, protestos em todo território nacional a partir das 7 horas e 30 minutos do dia 28 do mês corrente.

Segundo a comissão organizadora, as manifestações pacíficas insere-se no âmbito das comemorações do dia 3 de agosto dia nacional dos trabalhos que tem como propósito manifestantes que exigem do governo entre outros a subida dos preços dos produtos da primeira necessidades, o fim de novos impostos e taxas e subsídios milionários aos titulares de órgãos de soberania.
Em conferência Virgínia António Vieira Gomes disse a imprensa que, o primeiro-ministro confirmou o seu conhecimento para a realização através do chefe do gabinete.

Virgínia António Vieira Gomes informou que, a sua organização cumpriu com todos procedimentos legais para a realização manifestações revelando que o Ministério do Interior, Câmara Municipal de Bissau e Aviação foram entregue a correspondência em jeito da autorização mas não acusaram a recessão propondo a UNTG a alteração da data de marcha.

Por sua vez Yasser Turé pede o envolvimento de todos os trabalhadores na luta em defesa dos seus direitos.

Turé justificou que são os direitos que a constituição da República lhes assiste e ninguém pode por em causa.

De recordar que foram impedidos o exercício das manifestações na quarta-feira, 14 de julho pelas agentes da força e segurança através de gás lacrimogêneo que tinha como trajetória a sede da central sindical á assembleia nacional popular.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: