Trinta e um anos depois a Guiné-Bissau recebe a segunda visita oficial de um chefe de Estado Português

DE: Déllcyo Sanca

Apesar das visitas de António Ramalho Eanes, em 1978 para cimeira do luso-Angolano, Jorge Sampaio, em 2006 e Aníbal Cavaco Silva, o ultimo Presidente português a visitar a Guiné-Bissau, em 2006 para participar na sexta cimeira da CPLP.

A visita de Marcelo Rebelo de Sousa será a segunda oficial a Guiné após trinta e um anos e seis meses depois de Mário Soares, o tem visitado oficialmente o solo guineense em 1989.

Depois da sua chegada hoje, chefe de estado português vai se reunir com comunidade portuguesa residente em Bissau, desencadeara a visita as instalações da embaixada de Portugal e a radio e televisão portuguesa ambos no centro da cidade.

Durante a estada em Bissau, Marcelo Rebelo de Sousa, vai visitar a fortaleza de Amura para deposição de coroas de flores no mausóleos, Amílcar Cabral e Nino Vieira em homenagem aos combatentes da liberdade da pátria, manteve o encontro com chefe de estado guineense Úmaro Sissoko Embaló, e vai se reunir igualmente com as autoridades do país, destacando o encontro com o primeiro-ministro e o presidente da ANP acompanhado das lideranças das bancadas.

O governo pretende mobilizar cerca de cinco mil cidadãos para ruas, em jeito boas vindas a Marcelo Rebelo de Sousa presidente do Portugal.

Sobre a situação, ministério de interior disponibilizou mais de mil homens para asseguramento durante a visita.

Enquanto isso, Luís Intchama, presidente de camara municipal apela os guineenses a saírem para dar boas vindas a chefe de estado português.

 

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: