Tribunais britânicos recusam-se a extraditar Julian Assange, fundador do WikiLeaks, para os EUA

A extradição do fundador do WikiLeaks foi exigida pelos Estados Unidos porque o país quer julgá-lo por espionagem.

Na segunda-feira, 4 de Janeiro, os tribunais britânicos rejeitaram o pedido de extradição do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, para os Estados Unidos, que quer julgá-lo por espionagem após a publicação de centenas de milhares de documentos confidenciais. A decisão da juíza Vanessa Baraitser no Tribunal Penal de Old Bailey, em Londres, é passível de recurso, pelo que é pouco provável que a batalha legal termine aí no Reino Unido. O australiano de 49 anos tornou-se um símbolo da luta pela liberdade de informação para os seus apoiantes.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

Ligue-nos

Share on Social Media
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x