Títulos de apoio e resiliência: Guiné Bissau obtém 12,870 bilhões de CFA do mercado financeiro da UMOA

O Estado da Guiné-Bissau obteve em 16 de novembro de 2021, no nível do mercado financeiro da União Monetária da África Ocidental (UMOA), um montante de 12,870 bilhões FCFA(19,305 milhões de euros) ao final de sua emissão de títulos do tesouro assimiláveis (TABs) denominados com vencimento em 12 meses, organizados em parceria com a UMOA-Titres sediada em Dakar.

Lançada pela UMOA-Titres em colaboração com o Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCEAO), a emissão de títulos de apoio e resiliência visa permitir ao emissor mobilizar a poupança de pessoas físicas e jurídicas a fim de cobrir as necessidades de caixa necessárias para apoiar os esforços de recuperação econômica dos Estados, Esta edição visa permitir ao emissor mobilizar a poupança das pessoas físicas e jurídicas a fim de cobrir os requisitos de fluxo de caixa necessários para apoiar os esforços de recuperação econômica dos Estados, para que eles possam voltar à trajetória de crescimento da crise de saúde pré-Covid-19, e para garantir resiliência nas mudanças de orientação orçamentária tomadas pelos Estados, diante dos choques adversos e incomuns que suas economias estão enfrentando.

Esta questão diz respeito a todos os Estados da zona da UEMOA (União Econômica e Monetária da África Ocidental) confrontados com esta situação e que expressam o desejo de fazê-lo. Ela visa todos os investidores, tanto empresas como pessoas físicas, que desejam dar um apoio útil aos Estados da zona. Está aberta a investidores de dentro e de fora da UEMOA.

Após o leilão, a UMOA-Securities registrou 35,600 CFA bilhões em ofertas globais de investidores de um montante colocado em leilão pelo emissor do 11,700 bilhões CFA, ou seja, uma taxa de cobertura de 304,27% do montante colocado em leilão.

Do montante total das licitações, a tesouro Público da Guiné-Bissau reteve 12,870 bilhões de FCFA e rejeitou o 22,730 bilhões FCFA restantes, ou seja, uma taxa de absorção de 36,15%.

O emissor se comprometeu a resgatar os títulos emitidos no primeiro dia útil após a data de vencimento de 15 de novembro de 2022. Por outro lado, os juros são pagos antecipadamente e são deduzidos do valor nominal dos títulos, que é de um milhão de francos CFA.

O rendimento médio ponderado foi de 2,77%. A taxa média ponderada e a taxa marginal foram de 2,69% e 2,90% respectivamente.

com/financialafrik

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x