Suzi Barbosa considera de grave a notícia que dão conta a venda dos passaportes diplomáticos em Paris

Por: Martinho Mendes

A Ministra de Estado dos Negócios Estrangeiros Cooperação Internacional e das Comunidades, Suzi Carla Barbosa assegurou esta sexta-feira, 10-06-2021, assinalou o fato perante a plenária governamental, em que qualificou de grave as infirmações sobre falsificação dos documentos guineenses cujos contornos estão a ser acompanhados pelas autoridades Francesas para o apuramento cabal dos factos.

A informação consta num comunicado de Conselho de ministros de três páginas a que CAP-GB teve acesso.

Diário francês Libération denunciou está semana tráfico de passaportes diplomáticos guineenses em Paris. Em média o documento vendia-se a 50 000 euros, pagos em numerário.

Segundo o jornal francês Libération os preços podiam mesmo alcançar os 200 mil euros, mas em média o documento custava 50 000, pagos em numerário com falsa declaração, sendo que o pagamento era feito como “um donativo” ao países e parceira através de uma organização não-governamental.

Confira o comunicado

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: