SOCIEDADE CIVIL INSTA MINISTÉRIO PÚBLICO A INVESTIGAR DECLARAÇÕES DE CHEFE DO ESTADO MAIOR DAS FORÇAS ARMADAS DA GUINÉ-BISSAU

O Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz e Desenvolvimento instou à Procuradoria Geral da República (PGR) a abrir uma investigação sobre “as graves denúncias” proferidas  publicamente pelo Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau, o General Biaguê Na N´Tam, em como teria sido convidado, por duas vezes em 2016, a subverter  a ordem constitucional por via de golpe de Estado para derrubar o Presidente cessante, José Mário Vaz. O movimento exige ainda a responsabilização criminal dos presumíveis autores morais da tentativa agora denunciada  por Biaguê Na N’Tam.  

A posição da organização liderada por Fodé Carambá Sanhá foi tornada pública em comunicado distribuído à imprensa esta terça-feira, 22 de janeiro de 2020, documento a que o Jornal O Democrata teve acesso.  

Porém, apesar de exigir a  abertura da componente investigativa às declarações de CEMGFA, o Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz e Desenvolvimento manifestou o seu reconhecimento  à liderança de Biaguê Na N‘Tam “pela sua postura republicana isenta” à frente das forças armadas do país “ao longo dos últimos cinco anos de disputas político-partidárias desencadeadas até aqui”.

No mesmo documento, o Movimento repudia qualquer postura militar que não se enquadre no ordenamento  jurídico  da Guiné-Bissau, “sob pena  de o seu mandante ou mandante  ser responsabilizado  severa  e criminalmente”. 

O documento lembra a Biaguê Na N´Tam que o exercício  da sua função  de Chefe de Estado  Maior não significa  estar acima da lei, “porque todos os cidadãos são iguais perante a lei”, sublinha.“Aconselhamos o General Biaguê Na N´Tam, que o desempenho  da sua estatura no Estado, apenas  o simboliza ser homem de Estado, mas não lhe  atribui o direito de se autoproclamar do Estado, na veste do CEMGFA, senão parte  da representação  do Estado da Guiné-Bissau”, lê-se na nota.   

Neste sentido, o Movimento Nacional da Sociedade Civil para Paz e o Desenvolvimento apelou à comunidade internacional e demais parceiros de desenvolvimento a continuarem a acompanhar a Guiné-Bissau e o seu povo.   
FONTE: O DEMOCRATA

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x