sob lema Pólio Nunca Mais governo pretende vacinar 340381 crianças menores de cinco anos contra poliomielite

Por: Epifania Correia Gomes

A campanha que permitirá  vacinar mais de 340,381 crianças menores de cinco anos de idade contra poliomielite, suplementação em vitamina A e desparasitação com Mebendazol, e será realizada porta á porta na Guiné-Bissau entre os dias vinte e sete e trinta de Abril.

Na ocasião o ministro de Turismo é Artesanato, Fernando Vaz, em representação do ministro da saúde pública disse esta quarta-feira 27.04.2022, que poliomielite é um problema de saúde pública tal como outros porque segundo ele é transmissível e pode matar as crianças.

Na sequência de ressurgimento de pelo menos quatro casos confirmados no país em Outubro passado nas regiões sanitárias do sector Autónomo de Bissau e  Biombo, interrompendo a sua certificação de livre de pólio entre 1998e 2019.

“Esta campanha foi preparada em estreita colaboração com os parceiros engajados na luta pela sobrevivência das crianças e os tratamentos do ministério da saúde pública, e vontade de todos nós que ela seja concretizada de forma eficiente e com cuidado para que o impacto se traduzem em crianças saudáveis o que significa menos gastos para o futuro” Frisou.

Ainda Vaz fez uma chamada de atenção aos técnicos de saúde envolvidos no processo de vacinação de se dedicarem o máximo dos seus esforços em administrar está nova vacina pólio, suplementação em vitamina A e suplementação Mebendazol em todas as crianças menores de cinco anos sem exceção.

Para representante da UNICEF na Guiné-Bissau,  Ética Ekole disse que a poliomielite é uma ameaça real para as crianças no país, assegurando que para esta campanha a sua organização  assistiu a Guiné-Bissau na compra de 907.500 doses das vacinas pólio assim como a assegurar a necessária cadeia de frio através da aquisição de cinco frigoríficos para conservação das vacinas de forma face à carências existente nas regiões.

De lembrar que para a operacionalização desta campanha, 677 equipas de vacinação, num total de 3,385 pessoas vão passar porta a porta nas comunidades, tabancas e bairros para  vacinar 340,381 crianças menores de cinco anos de idade contra poliomielite na primeira ronda da campanha, que tem como apoio técnico e financeiro de UNICEF e OMS e demais parceiros da iniciativa global de erradicação da poliomielite(GPEI).

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: