Sob-lema: “papel da juventude no processo da reconstrução nacional”, decore a primeira jornada da juventude africana Amílcar Cabral

DE: Déllcyo Sanca

De hoje e durante tres dias, duzentos delegados oriundos de todo país  vão discutir assuntos ligaddos a sociedade como forma de encontrar soluções dos problemas.

De acordo com o programa, os participantes  abordar hoje, no primeiro painel a situação sobre a ideologia e a estruturação dos partidos políticos, com destaque é a mobilização juvenil, valor ideológico transformador, económico-social e imediatista.

Presenciou o acto de abertura, Domingos Simões Pereira, líder do PAIGC, no qual disse, esperar que o encontro sirva de profundas reflexões para um diálogo franco entre a juventude não só do PAIGC, mas sim como das outras formações politícas do país presentes no acto.

“ Espero que, esta jornada sirva de um espaço de oportunidade, de dialogo aberto sem quaisquer restriçoes,  para possam identificar os problemas que o país se depara, também momento para uma reflexão de como estamos a viver assim para podemos-nos projetar o futuro que, tanto almejamos e há varias questões que se colocam de momento a nossa vida e da sociedade, questões ligados a influencia e utilização de individo de capital estão a ser vigente no país” frisou.   

Dionisio Perreira

Enquanto isto, o secretário-geral da JAAC Dionísio Pereira adverti que, a Guiné-Bissau não pode ser reconstruida uma vez que não tem capacidade de formar os quadros localmente,  sobretudo os seus jovens, defendo que, para ser um servidor publico exige a formação minima para qualquer cidadão indipendentemente do posto para que o país possa ser reconstruida.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: