Sirifo Jaquite quer uma integração efetiva da Guiné-Bissau na UEMOA

O novo comissário da Guiné-Bissau na União Econômica e Monetária da África Ocidental (UEMOA), quer a integração da Guiné-Bissau na organização sub-regional seja efetiva e consolidada.

A intenção de Serifo Jaquite foi tornada pública hoje, 28 de Abril de 2021, ao despedir-se do Presidente da República Umaro Sissoco Embaló.

“Vim me despedir do Presidente da República e ouvir as suas recomendações para que eu possa desempenhar as minhas responsabilidade com qual me foi atribuído para exercer junto a organização da sub-região ”, disse.

O antigo ministro da presidência e do Conselho do ministros, prometeu trabalhar árduamente para construção da convivência mútua com Estados de membros partes da organização para que haja o desenvolvimento a nível econômico, infraestruturas, social e cultural.

De recordar que, a nomeação Mamadú Serifo Jaquite, veio na sequência das deliberações saídas da 22°sessão ordinária da organização realizada por videoconferência a 25 de março e conseguintemente a sua nomeação em 14 de Abril como comissário da Guiné-Bissau.

Na mesma ocasião, o chefe de estado manteve em audiência separada com Coletivos dos Jovens Visionários para Acções Concretas, a Confederação Geral dos Sindicatos Independentes da Guiné-Bissau, e também com Autoridades da Regulação dos Concursos Públicos (ARCP).

Texto: Martinho Mendes

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: