Sindicatos filiais da UNTG, de costas viradas com o Ministro das Finanças

Sindicato Nacional dos enfermeiros e técnicos saúde e Sindicatos do Ministério das Finanças , reagiram esta quinta-feira 13/01/2021 numa conferência separada, o posicionamento Ministro das finanças no que diz respeito ao não pagamento de dívidas em atrasado para com os mesmos.

Durante o encontro com os Jornalistas, o presidente do SINETSA manifestou seu descontentamento com a atitude do ministro João Aladje Fadia, no que tem haver algumas dividas, condições de trabalho, subsídios de isolamento e de vela aos técnicos novos ingressos e a conclusão do processo de efetivação no setor de saúde.

Perante estes e demais outras situações, Yoia João Correia, afirmou que continuar-se-ão coligado com a UNTG na reivindicação dos seus direitos como trabalhadores.

Por outro lado, os dois sindicatos do Ministério das Finanças, afirmaram que até agora não houve diálogo entre Ministério e os dois sindicatos e continua a persistir o não cumprimento da adenda assinada entre o Ministério e o governo.

Malam Homi Biai, alegou que Aladje Fadia continua a pagar o pessoal do Ministério da economia, plano e integração regional com o incentivo do Ministério das Finanças.

Malam Homi Biai, apela aos funcionários com situações irregulares a aderência em massa no greve do dia 18 do corrente mês.

Ainda assegurou que estão em linha com a UNTG e estão a aguardar a decisão como sendo sindicatos filiados do central Sindical.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x