Sindicato dos Fiscalizadores Marítima, manifestam se preocupados relativo a situação dos funcionários

O presidente do sindicato, Abrão Pereira Barreto, disse que o ano 2010 foi um ano de de grande batalha persistencia ímpar para chegar a um acordo com o governo convista a inscrição dos funcionarios no regime da pensão social.

Abrão, revelou ainda que houve desvios de pagamentos de FISCAP para o fundo social num total de 133 milhões de FCFA. O sindicato sempre denunciou essas situações com sucessivos governos, promovendo greves por incumprimento dos acordos.

É nessa perspectiva, que em Janeiro de 2020 entraram com novo caderno reivindicativo ilustrando situações pendentes, inconformados no FISCAP pelo qual o ponto mais relevante é a situação dos funcionários inscritos na segurança Social.

O dirigente do sindicato salienta ainda que há funcionários que ja estao a porta para reforma sem garantias a pensões descontados ha anos. E no mês de fevereiro entraram com um pré-aviso de greve que culminou com um memorando de acordo no mês de Abril em virtude do qual o atual Governo Liquidou as dividas.

O representante de confederação geral dos sindicatos independentes da Guiné-Bissau, Central sindical, incentiva o sindicato a continuar firme na luta pela defesa dos interesses dos seus funcionários

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x