Câmara municipal de Bissau: Sindicato pede demissão do presidente acusando-o de praticas de corrupção

Por: Epifania Correia Gomes

O pedido foi expressa numa conferência de imprensa promovida esta sexta-feira 27.05.2022, pelo o vice-presidente do  sindicato Ivo N’dafá da Câmara municipal, que o seu presidente deve demitir-se da sua função porque para ele constitui um perigo no seio do trabalhadores começando pela divisão e não união dos mesmo.

“ Esta  direção não merece a nossa confiança para continuar a liderar a câmara,  porque está a liderar com “mão de ferro” onde não há  verdade,  por cima de tudo está a separar as famílias dentro da instituição, não há liberdade de expressão, temos espião que reproduz diretamente com o presidente onde o resultado é tortura ou ódio” disse o vice-presidente justificando os motivos.

Ainda N’dafá acusa o presidente da câmara municipal de Bissau de o seu nome constar registado em cinco lotes de terrenos do loteamento família Marques Vieira  (Taquir Pedreira), alegando que maioria dos colegas perderam os seus terrenos  porque foram ditos que os terrenos foram devolvido ao extra judiciário.

Por outro lado Ivo, Pede o governo, ministério público e tribunal de contas de fazerem auditoria para a câmara municipal de Bissau como forma de esclarecer os bens individuais porque segundo ele muitos já mudaram de vida, mas com bens comum.

De salientar que os pontos que estão em descumprimento no memorando de entendimento são:

  • Subsídios do pessoal
  •  Acordo de partilha( presença do sindicato)
  • Pagamento de segurança social

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: