SEC perspectiva um banco de dados dos refugiados e emigrantes para breve

Encerrada hoje a conferência alusiva dia internacional dos Migrantes.

Os conferencistas recomendaram esta sexta-feira 18/12/2020, ao governo, agilização do processo de regresso dos emigrantes guineenses na Líbia que se manifestaram livremente regressar ao país

As recomendações da conferência foram apresentadas pela chefe de gabinete da secretaria de estado das comunidades, Paula Carina Lopes Camará, no sentido do governo criar banco de dados dos refugiados na Guiné-Bissau e dos emigrantes guineenses residentes nos diferentes países do mundo com vista conhecer o número exato dos emigrantes, agilizar o processo de regresso dos emigrantes guineenses na Líbia que se e manifestaram livremente regressar ao país, criação de melhores condições a vigilância marítima e aérea com vista a evitar as embarcações precárias e imigração irregular e, apoiar na reinserção condigna dos emigrantes retornados, através de financiamento de projetos empreendedorismo por estes.

Ainda, recomendaram aos parceiros a alargarem suas intervenções a setores que trabalham nos assuntos dos emigrantes e refugiados que merecem uma especial atenção e proteção, também as associações da diáspora no sentido de elaborar respectivos planos de negócios.

Durante a conferência, concluíram que a instabilidade política, falta de emprego e o desespero de vida, são fatores que influenciam a migração na Guiné Bissau.

E a diáspora guineense contribuiu no combate a fome através das remessas que enviam aos familiares e não só, no acolhimento e suporte dos estudantes guineenses no estrangeiro.

Após o encerramento, foi inaugurado junto da Direção Geral das comunidades, o balcão de atendimento aos Migrantes e o gabinete da consulta migratória.

De salientar que, a conferência foi promovida pela secretaria de estado das comunidades e Direção Geral das comunidades em parceria com a OIM e UNHCR, onde foram debitados diferentes temas ligado a Migração.

Contou com a participação de 80 representantes de diferentes instituições públicas e privadas, associações dos emigrantes, membros de governo e sociedade civil.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

Ligue-nos

Share on Social Media
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x