Recém empossado Ministro da administração pública, recebido com pré aviso de greve

Isto porque, a União Nacional dos trabalhadores de Guiné-Bissau( UNTG) entregou esta quinta-feira 29/04/2021 um novo pré aviso de greve ao Ministro da administração pública, trabalho, emprego e segurança social, Tomane Baldé, prevista para o dia 03 a 31 do mês de Maio.

No presente pré aviso, o central sindical exige do governo cumprimento de 20 pontos, entre os quais, o início de pagamento da carga horária subtraída ao professores, como forma de desbloquear e facilitar a retoma das aulas nas escolas públicas, desbloquear salários e repor os descontos e subsídios feitos aos funcionários do Ministério das Finanças e de Saúde que aderiram a greve.

Por outro lado, exigem a criação de uma comissão multidisciplinar que integra os sindicatos com o propósito de fazer um diagnóstico real a nível da atual inflação, e propor a nova tabela salarial na função pública e definição do salário-mínimo nacional, agendar para a segunda quinzena de Maio a reunião do Conselho permanente de concertação social, com o propósito de discutir a situação dos ditos estagiários e contratados com mais de três anos de serviço na administração pública.
O documento continua a exigir o lançamento de concurso público interno entre efetivos nos diferentes Ministérios para o preenchimento das vagas de Diretores de serviços e chefes de divisão.

Ainda no pré aviso, os Sindicalistas afirmam a disponibilidade de um diálogo sério e responsável com o governo, e Caso o não cumprimento das exigências acima citadas, o Central Sindical ameaça proceder com a paralisação na função pública com início a partir do dia 03 a 31 do mês de Maio.

Texto: Laercia V. Insali

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: