PUN: Desaconselha PR a promulgação do decreto-lei sobre a corte de madeiras

Idrissa Djaló aconselhou hoje 28 de Outubro de 2020, em conferência de imprensa a Úmaro Sissoko Embaló para não promulgar o decreto-lei sobre a corte de madeiras.
O político advertiu que, caso Sissoco Embaló promulgar o documento, ia efetivar maior crime contra Pátria.

Falando aos jornalistas sobre a situação do país, Idrissa Djaló, lamenta o desrespeito no setor ambiental, no que tem haver com o desmatamento. Considerando de falso a denúncia do Ministro da Agricultura e Desenvolvimento rural, Abel Da Silva, do desaparecimento de dois Bilhões de dólares por parte da antiga Ministra da Agricultura e Floresta Nelvina Barreto.

Idrissa, propõe ao titular da pasta da Agricultura a identificar os nomes dos parceiros envolvidos na corte de madeira de 2012 à 2014. E assegurou que caso os nomes não forem identificados, o próprio PUN os anunciará.

O dirigente do PUN, afirmou que o partido acompanhou de perto a aprovação do fim da moratória decidido no conselho dos Ministros, que foi aprovado desde o ano 2014 que proíbe a corte da madeira, e considera de incorreto a decisão do governo.

De relembrar que numa conferência de imprensa conjunta do Ministério da agricultura e o Ministério do ambiente, Abel Da Silva, esclareceu que o decreto de regime parcial para exploração florestal, autoriza só os madeireiros credenciados e certificados com licenças e condições de trabalhar. Tendo sustentado que é mais fácil controlar 12 ou 14 serrações que pagam regularmente as suas contribuições, em vez de, querer controlar milhares de mota ceras que nada contribuem para o estado guineense.

Idrissa Djaló, exorta a ANP de assumir suas responsabilidades no que tem haver com corte de madeira. Ainda, chamou atenção ao Presidente da República, sobre não promulgação do documento aprovado no conselho dos Ministros.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x