PRS: Fernando Dias desvenda que se trata de perseguição nas exonerações

Por: Zita Gomes / Ussumane Baldé

Presidente em exercício dos renovadores, falava aos jornalistas, logo após ter recebido a visita do coordenador do movimento para alternância MADEM-G15, Braima Camará, esta quarta-feira 22-06-2022.

“Todos nós sabemos de que se tratam de manobras de perseguição” começou por dizer, no momento de fazer balanço da visita, “sabemos como funcionam as coisas”, prosseguiu Dias sem citar quem os persegue, garantindo que em momento propício o PRS tornará público o desfecho da novela da dissolução do parlamento e a formação do governo da iniciativa presidencial, em que faz parte membros e quadros do partido.

Por sua vez Camará disse que foi ao sede dos renovadores expressar seu reconhecimento e agradecimentos pelo partido durante os dois anos que estiveram na coligação, perguntado se vai extender a visita aos outros partidos Bá Quecuto assumiu que sim, “não deixamos ninguém para trás” disse Braima com ar pouco locutor.

Falharam posse três membros do PRS nomeadamente Fernando Dias, Mario Fambé, e Tcherno Djaló respetivamente pelos ministérios dos recursos naturais, energia e educação, por “lapso da comunicação”, nos seus lugares foram substituídos pelos também renovadores Dionísio Cabi, Augusto Poquena, Moniz.

IMG: vídeo RTB

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: