Professores contratados exigem pagamento dos salários em atraso

O coletivo dos professores contratados do Setor autônomo de Bissau do ano letivo 2018/2019, exigem do Ministério da educação pagamento imediato das dívidas de sete meses em atraso.

No decurso da conferência de imprensa realizada esta terça-feira 25/08/2020, o porta voz do coletivo dos professores contratados , Mendes Mendi, responsabiliza o Ministério da educação nacional por incompetência dos serviços prestados nesta instituição, nomeadamente o pessoal dos recursos humanos. Isto porque, as oito regiões do país tiveram a oportunidade auferir suas dívidas. Lembrando ainda que o número dos professores contratados do SAB é de 44.

A margem da conferência, Mendes Mendi ameaça o ministério da educação caso não apresentar os nomes junto do Ministério das finanças no prazo de uma semana , avançarão com outro método de reivindicação caso não for acertado.

Mendes Mendi afirma que o Ministério da educação nacional assegurou não ter conhecimento dos seus contratos. Por sua vez, manifestaram-se preocupados com o posicionamento das autoridades administrativa, exigindo nova apresentação dos documentos.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x