Presidente Sissoco: “um grupo de pessoas foram financiados para desestabilizar o país”

Por: Martinho Mendes

O presidente da república, disse esta quinta-feira, 03-02-2022, que há pessoas financiadas para fazer golpe de estado na última terça-feira quando decorria a reunião de conselho de ministros no Palácio do governo.

Umaro Sissoco Embaló falava à imprensa durante a visita efetuada a sede do governo para constatar in loco os danos materiais causados na ataque das pessoas não identificadas na última semana que deixou 11 mortos segundo o Governo.

Na sua declaração Sissoco Embaló garantiu que será conhecida a conclusão de inquérito através de uma comissão criada pelo governo e que está a ser feita pelo ministério público para dar maior transparência no processo de investigação.

“O processo de investigação já está no ministério público para dar mais transparência o inquérito, se era a comissão militar podia pensar que o presidente estaria por detrás para fazer caça bruxas mas isso não é o meu objetivo” disse.

Embaló, promete intensificar a luta contra corrupção narcotráfico contudo afirma que há pessoas financiadas para a subversão da ordem constitucional.

Sissoco Embaló lamentou as perdas de vidas humanas frisando que ninguém tem por direito de tirar a vida acrescenta que o poder se conquista nas urnas e não com a violência.

Ainda, o chefe de Estado desmente rumores sobre a morte do Chefe de Estado maior general das forças armadas confirmando que Biaguê Na N’Tan está em Barcelona Espanha para o tratamento médico e está bem de saúde.

Umaro Sissoco Embaló, apela a classe trabalhadora a se retomarem seus serviços contudo garantiu que não há restrições de circulação de pessoas acrescenta não houve encerramento do espaço a aérea e terrestres da Guiné-Bissau durante a tentativa de golpe de Estado registada na terça-feira último e anuncia reforçar mais a sua segurança.

Presidente da República visitou hoje Palácio do governo acompanhado de chefias militares, primeiro-ministro, ministro do interior e o da defesa Nacional.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: