PNUD apoia formação e reciclagem dos Deputados guineenses.

O Presidente da Assembleia Nacional Popular presidiu esta Quarta-feira 05 de Agosto de 2020 a abertura solene de formação e reciclagem destinada aos Deputados guineenses. Uma iniciativa da ANP com suporte técnico e financeiro do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD


No seu discurso de abertura solene, o líder do hemiciclo guineense Cipriano Cassama realçou que o apoio do PNUD a ANP tem constituído a fonte através da qual se disponibiliza ferramentas científicas para o bom desempenho da função parlamentar no exercício das três funções parlamentares.


” O apoio do do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) a Assembleia Nacional Popular tem constituído a fonte através da qual se disponibiliza ferramentas científicas para o bom desempenho da função parlamentar no exercício das três funções parlamentares que têm, nomeadamente, a de representação fiscalização e legislação “. Sublinhou


Na ocasião o Presidente da Assembleia Nacional Popular, alertou que os três dias devem servir de meio de ” absorção e partilha de conhecimento ” para melhor aproveitamento dos participantes, uma vez que segundo ele, uma das ” missões essenciais dos representantes do povo é elaborar, examinar, votar diplomas legislativos e fiscalizar as ações governativas.


A referida formação vem no quadro da parceria sã existente entre ANP e o PNUD que tem acompanhado a Assembleia Nacional Popular no seu empenho de reforçar a sua capacidade dos deputados nos aspectos administrativos e de fiscalização


Falando no ato o Representante Adjunto do PNUD na Guiné-Bissau, José Leve afirmou que a participação das mulheres na política ao nível mundial tem vindo a crescer nos últimos anos. E na Guiné-Bissau, apesar da aprovação da lei de paridade em véspera das últimas eleições legislativas no país, o quadro representativo das mulheres ” não mudou em relação a legislatura anterior “.
De acordo com José Leves as mulheres estão representadas em 13,7 porcento, postando expectativas que a igualdade de género e empoderamento das mulheres meninas pode ser atingida ate 2030 como sendo parte do objectivo desenvolvimento sustentável.


Reconheceu que o processo é ” moroso ” e que reflete visão e percepção que a sociedade tem sobre o papel da mulher. Contudo afirmou que a visa esta a ” evoluir ” graças a acções levadas a cabo pelas organizações femininas do país.
A formação que iniciou hoje 05-08 no palácio Colinas de Boé terá duração de três dias e nelas vai ser debatido temas como: Introdução ao Parlamento, Funções Essenciais do Parlamento, Trabalho de Parlamento em Comissões e Parlamento e os Direitos Humanos.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x