Países CEDEAO: os jovens exigem 35% dos postos eletivos e nominativos

Um grupo de jovens dos 16 países da região da CEDEAO reuniu-se em Bamako de 26 a 27 de Março a convite da Associação de Jovens pela Cidadania Activa e Democracia (AJCAD), na sequência dos resultados alarmantes do estudo sobre “a participação dos jovens no processo eleitoral e a consolidação da democracia nos países membros da CEDEAO”.

60% da população africana é jovem. “Um jovem ausente das mesas de decisão”, revelou o estudo sobre a participação dos jovens no processo eleitoral no espaço da CEDEAO. De acordo com o autor principal do estudo, verifica-se que os jovens vivem as mesmas realidades. “Os mesmos males são denunciados com as mesmas palavras”, disse ele. Na região da CEDEAO, não há, segundo o estudo, nenhum jovem presidente do Tribunal Constitucional, nenhum jovem presidente da Assembleia Nacional, nenhum jovem à frente de uma das instituições da sub-região.

Inaugurado a 26 de Março no Hotel Onomo, o fórum sub-regional de Bamako realiza-se numa “data importante” que assinala o 30º aniversário da democracia no Mali. “Após três décadas, é tempo de ver o que funcionou e o que não funcionou”, disse Adam Dicko, director executivo da AJCAD. Ouvimos que “a juventude está no coração da política, queremos deixar o coração da política para nos tornarmos agora actores na política”, acrescentou Dicko.

“O argumento de que os jovens não são competentes não é válido”, explicou Adam Dicko. É, insistiu ela, um argumento subjectivo para manter os jovens fora dos assuntos públicos. A participação da juventude da sub-região na gestão dos assuntos públicos do espaço é a condição, segundo Adam Dicko, da transição de Chefes de Estado da CEDEAO para a CEDEAO do povo.

No final do Fórum de Bamako, organizações incluindo Y’ en a marre do Senegal, Balai Citoyen do Burkina Faso, Destin en main da Guiné Conacri, adoptaram recomendações aos líderes da CEDEAO. Assim, os jovens pedem que a “revisão da idade legal” seja presidente da República até aos 30 anos. Além disso, o Fórum recomenda a “fixação de uma quota de 35%” de representação de jovens em posições eletivas e nominativas.

maliweb

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x