PAIGC rejeita nome de Gabriela Fernandes para composição dos membros do Conselho de Estado.

A decisão do grupo parlamentar foi tornado pública hoje 20 de Julho de 2020, na Assembleia Nacional Popular (ANP), pelo seu líder da bancada parlamentar.


Califa Seide sustenta que não compete o Presidente da República Úmaro Sissoko Embalo indigitar nome, considerando de inconstitucional a decisão de Presidente da República Úmaro Sissoko Embaló.


Para o Serifo Djaló deputado do Partido da Renovação Social (PRS), é da competência dos partidos políticos indigitar os seus representantes no Conselho Estado de acordo com os seus representantes no parlamento.


Nelson Moreira vice-lider da bancada parlamentar do “MADEM G-15” tem uma opinião contrária à dos seus antecedentes, no seu entender o legislador da competência ao Presidente para indicar os nomes, também o parlamentar fala das duas categorias dos membros de Conselho de Estado uma por inerência e outra onde o chefe de Estado elege os membros dentro dos partidos com assento parlamentar.


Perante o facto o líder do hemiciclo Cipriano Cassamá, promete enviar ao Chefe de Estado Sissoko Embaló, uma carta amanha informando-o que ” a luz da constituição compete aos partidos com assento parlamentar indicar os nomes dos seus mandatários para o Conselho de Estado “.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x