PAIGC: OCTÁVIO LOPES VOLTA A FALAR NA “NECESSIDADE URGENTE” DE REUNIR OS ÓRGÃOS DO PARTIDO

O dirigente do Patido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Octávio Lopes, disse que é “uma necessidade urgente”, a convocação da reunião do Bureau Político e Comité Central, órgãos do seu partido, sem tomar como justificativos a situação da Covid-19.

Odvogado de profissão, candidato desistente ao cargo do presidente do PAIGC no 9º congresso, ganho por Domingos Simões Pereira, sustenta a sua ideia nas visitas, reuniões e conferências realizadas, que não foram abortadas pela situação pandémica que o mundo atravessa e que a Guiné-Bissau não foge à realidade.

“Depois de todas as visitas, reuniões e conferências realizadas e a realizar, julgo ser pacífico e consensual afirmar que a Covid-19 deixou de ser justificação para se contiuar a não convocar o Bureau Político e o Comité Central, órgãos que não reúnem desde 2019”, disse Lopes, numa publicação na sua página no Facebook.

Octávio Lopes, era uma das vozes críticas durante o período da ausência no país do presidente do partido, Domingos Simões Pereira, olhando sempre na necessidade do partido reunir os seus órgãos internos, que disse não ter reunido desde 2019.

Na mesma publicação, Octávio Lopes chamou ainda atenção na necessidade do partido iniciar uma “reflexão interna” e redefinir estratégias com vista a encontrar soluções para responder os desafios colectivos do presente e do futuro.

“É urgente que o partido inicie um processo de reflexão interna e de redefinição de estratégias que permitam formular soluções e dar resposta aos desafios colectivos do presentes e do futuro”, disse.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: