ONU condena violência que causou mortes em protestos na Nigéria

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, declarou que vem acompanhando os recentes acontecimentos na Nigéria e pediu o fim da brutalidade policial e dos abusos denunciados no país. 

O presidente Muhammadu Buhari pediu “compreensão e calma” aos manifestantes,

Em nota emitida pelo seu porta-voz, o líder das Nações Unidas condena a escalada da violência que na terça-feira provocou várias mortes e feridos na maior cidade do país, Lagos.

Agências de notícias anunciaram que Lagos e outras regiões estão sob toque de recolher indefinido de 24 horas. A medida foi declarada após duas semanas de protestos contra uma unidade policial agora desmantelada. 

Os relatos das agências realçam que a tensão aumentou nesta quarta-feira com manifestantes usando redes sociais para reunir multidões. A polícia em diferentes distritos de Lagos atirou para o ar para dispersar os que desafiavam o toque de recolher. 

Mesmo com apelos do presidente Muhammadu Buhari por “compreensão e calma”, há registro de tiroteios atribuídos à polícia. 

Em sua nota, Guterres expressa solidariedade às famílias enlutadas e deseja uma rápida recuperação aos feridos. O apelo feito às autoridades é que investiguem os incidentes e responsabilizem os autores. 

Violência  

Dirigindo-se às forças de segurança, o chefe da ONU sublinhou que devem agir “sempre com a máxima contenção”. Já a mensagem aos manifestantes é que o façam de forma pacífica e evitem a violência.   

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x