Obra da estrada via sitec: casas demolidas proprietários revoltados

Por: Laércia Valeriana Insali

Numa reportagem feita pela CAP-GB nesta quarta-feira 13/04/2022 junto dos moradores, constatou-se que estes foram surpreendidos pelos agentes camararios com a demolição das vedações de suas casas e alguns empreendimentos que situava alguns metros da estrada.

“ Fui avisado pela camara que a varanda da minha casa está afetada, mas esta manhã fui surpreendido com derrube dos murros e varanda, quer dizer não cumpriram com suas palavras derrubaram além zonas identificadas “ testemunhou Salimo Teuda

Por sua vez, Karam Dembu, proprietária de uma das casas apelou intervenção do governo para apoiar as vitimas que mais foram afetadas, que parcialmente perderam suas casas.

“ Quase não teriamos onde dormir esta noite porque nossas casas foram parcialmente demolidas, mesmo assim, não é seguro ficar com crianças debaixo da parede e um teto que não tem momento certo de desabar, por isso pedimos apoio do governo para reconstrução das partes destruidas” apelou Karam

O empreendedor Abubacar Faté, dono de uma alfaiataria lamentou o fato do seu espaço de ganha pao de dia-a-dia não existir mais, ainda mais que perdeu dinheiro guardado dentro no momento da destruiçao.

Conforme os agentes camararios no local, todos os afetados foram comunicados meses antes do início das obras na estrada, mas alguns desafiaram e agora estao a culpar a camara.

De relembrar que, avenida José Carlos Schwartz (SITEC) foi melhorado no ano 2021, na qual no momento do lançamento da pedra para início da obra, ministro das obras públicas Fidélis Forbs, reforçou que a visão do governo é de criar melhores condições na vertente de infraestruturas rodoviárias, que servirão como alicerce para o crescimento socioeconómico do país, com o propósito de promover um desenvolvimento sustentável.

Com base na sua comunicação, em parceria com a camara municipal de Bissau, Forbs pretende dar novo olhar a avenida José Carlos Schwartz (SITEC).

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: