O presidente do partido de unidade nacional”PND”,idriça Djaló,condena o ato ocorrido em Bafata

Por: Ussumane Baldé

Numa conferência de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira,09-07-2021,na sua sede nacional em Bissau.

Idrissa Djaló,condenou o ato praticado pela força de ordem em Bafata, que obrigaram três jovens a mergulharem numas aguas turvas da estrada em ruína naquela cidade.

“Condenamos o ato das forças policiais, perante os jovens que reevendicavam os seus direitos, enquanto guineenses” ainda continuou o lider partidário, “por isso pedimos demissão imediata ao ministro do estado sr:Botche cande, porque não tem condições para continuar no seu lugar”.

Idrissa ainda lembrou que aquela região tem vindo a ser palco de de subversões de varios tipos, “região de Bafata, tornou-se epicentro de problemas involvendo elementos da segurança nacional,caso de cuntuba,Cosse,e recentemente de Bafata, são atos desahumanos que não pode acontecer num país democrático,por parte dos deputados, esperamos que façam o que lhes Compete perante ao constituição da república”

É de salientar que,no passado dia 05 de julho de 2021,em Bafata,um grupo dos jovens que revendicavam falta da energia na cidade de Bafata,foram detidos e terturados por ordem policial de Bafata.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: