Níger: 22 civis mortos num ataque jihadista em Tillaberi

Homens armados no Níger mataram pelo menos 22 civis no domingo 21 de Março no sudoeste do país, perto das fronteiras com o Mali e o Burkina Faso, segundo fontes de segurança.

Os assaltantes atacaram três aldeias na região de Tillaberi. Uma fonte dentro dos serviços de segurança atribuiu a responsabilidade pelo ataque a combatentes da organização do Estado islâmico. As outras duas fontes locais não nomearam quaisquer alegados perpetradores.

“Neste momento doloroso para o nosso país, após o ataque cobarde e bárbaro em Tillia, envio as minhas sinceras condolências às famílias das vítimas e desejo uma rápida recuperação aos feridos. Tudo está a ser feito para assegurar que estes crimes não fiquem impunes”, disse Issouffou Mahamadou, Presidente do Níger, na sua conta do Facebook.

Segundo os jornalistas da Reuters da zona, Alfouzazi Issintag, presidente da Câmara Municipal de Tillia, a que pertencem as três aldeias, disse que tinha havido “muitas mortes”, sem fornecer um número.

Além disso, fontes de segurança explicam que “esta região de Tillabéri já foi palco de um ataque na passada segunda-feira, no qual pelo menos 58 civis morreram. Os assaltantes tinham atacado um comboio que regressava de um mercado semanal e de uma aldeia situada nas proximidades.

Note-se que esta região do Níger bem como os países vizinhos Mali e Burkina Faso são atormentados pela actividade de grupos islamistas contra os quais estes países, unidos no Sahel do G5 com a Mauritânia e o Chade, lutam com o apoio da França.

Como lembrete, a 2 de Janeiro de 2021, pelo menos 100 civis foram mortos em agressões a duas aldeias em Tillabéri. Esta é uma área inundada pelos vários grupos jihadistas, e que, os mesmos modos de funcionamento. A região de Tillabéri está localizada no sudoeste da República do Níger. Cobre uma área de 97.251 km², ou 7,7% do país.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x