Registos de criança: Guiné-Bissau regista aumento de mais 20% das crianças registradas

O Governo da Guiné-Bissau Universidade, através do Ministério da Economia, Plano e Integração Regional e o Fundo das Nações Unidas para a Infância ( UNICEF), procederam hoje 21. 10. 2020, num dos hotéis de Bissau o lançamento oficial dos resultados do sexto Inquérito aos Indicadores Múltiplos (MICS-6) 2018/ 2019.

A presentação dos principais resultados do Inquérito MICS-6, o Ministro da Economia, Plano e Integração Regional Victor Mandiga, considera o sexto inquérito o mais difícil divido a introdução de novas tecnologias para a recolha de informações e a crise sanitária mundial causada pela covid-19.

Victor Mandinga afirmou que o resultado apresentada é uma das principais fontes de dados fiáveis, atualizadas e uteis para permitir o governo tomar medidas apropriadas com finalidade de avaliação de diferentes programas.

A representante do UNICEF no país Nadine Perrault disse que o inquérito MICS-6 representa das contribuições mais importantes sobre o estado da situação das mulheres e crianças para avaliar os progressos nos países em realizações dos seus direitos.

Aida a representante a pesquisa também serve como fonte de dados de estabelecimento na linha de base para agenda mundial de desenvolvimento sustentável 2030.

O resultado mostra a redução da taxa de mortalidade das crianças menos de cinco anos, o avanço de número de mulheres grávidas que procuram cuidados pré-natais e o aumento de registos de nascimento em relação ao resultado do inquérito de 2014 enalteceu.

De recordar que desde 1995 que a UNICEF apoia a implementação do Inquérito aos Indicadores Múltiplos ( MICS) sobre a situação de mulheres e crianças no mundo.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x