Ministro do Interior acusado de chefiar a trilha dos malfeitores do actual regime por Advogados de Aristides Gomes.

Conferência de imprensa realizada esta terça-feira 25-08-2020 em Bissau, Suleimane Cassamá, porta-voz do colectivo, afirmou que foi Botche Candé, quem autorizou as sucessivas detenções ilegais contra os dirigentes do PAIGC.

Por outro lado, Cassamá disse que, no momento se assiste a impunidade total, escandalosa e brutal a ser promovida pelas autoridades guineenses em relação aos crimes cometidos por certas pessoas, que segundo ele são os seus comparsas de “mandjuandade” que também são isentos a qualquer processo judiciário e cita o actual Ministro do Interior Botche Candé como um dos primeiros destes grupo de pessoas.

Sobre o caso do antigo Primeiro-Ministro “PM”, o advogado garantiu que Aristides Gomes não tem medo de enfrentar a justiça, uma vez que sejam criadas as condições de segurança para o efeito.

De recordar que, Aristides Gomes, PM deposto por Presidente Úmaro Sissoco Embalo, ainda continua refugiado nas instalações das Nações Unidas em Bissau.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: