Ministro das Finanças reafirma o engajamento do executivo face a saúde pública

Por: Ussumane Baldé

O governo líderado por Nuno Gomes Nabiam está engajado a solucionar as carências nos hospitais do país, afirmou o ministro das Finanças, durante a visita efetuada na manhã desta terça-feira,18-01-2022, no hospital nacional Simão Mendes.

João Aladje Mamadu Fadia, que acompanhou o chefe do estado a verificar o novo rosto do maior centro hospitalar do país,revelou os gastos do governo para o seu melhoramento, “749.000.000 fca custo da obra, fábrica de oxigénio gerido por governo em totalidade custou 250.000.000.fca,com a produção de 106 garrafas de oxigénio por dia,como sabemos é muito fundamental no saúde”

Ainda, Fadia,relatou as reduções significativas nos pagamentos nas hospitais e condições criadas para os pacientes, “consultas, análises, radiografia, ecografia, sofreram muitas reduções e até cirurgias não se paga nada” e lembrou dos transportes pessoal para os trabalhadores, que ronda volta das 200.000.000 fca, missões médicas no país que custou o governo cerca de 95.000.000 fca,e a cozinha 38,5 milhões de fca,por mensal e três refeições diárias ao pacientes internados, “todos estes gastos mostra o desempenho do governo a saúde pública”

Por fim,o ministro da saúde pública, disse que o problema dos novos ingressos estão a ser trabalhada por ministério das Finanças em curto prazo, “de modo como foram colocados não é boa,mas,o ministério das Finanças está a fazer tudo para houver soluções”

E, o diretor da hospital nacional Simão Mendes, Sílvio Coelho, revelou alguns dados do ano findo sobre o desempenho da sua instituição aos doentes que precisavam, “durante 2021,temos 37.955 casos atendidos, cirurgias,958 casos entre quais 620 grátis,parto,5146, casos, consultas,37.956 e 11.191 casos de internamentos”, referiu.

Hospital nacional Simão Mendes é o maior centro hospitalar do país que muitas das vezes foi contestada de modo como tratam as pessoas naquela instituição.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: