Ministro da Saúde considera de preocupante situação da saúde materna infantil

O Ministro da Saúde Pública, afirmou esta quarta-feira 24 de Março de 2021, que apesar dos tangíveis progressos, a problemática da saúde a constituir um dos maiores desafios de sempre na Guiné-Bissau.

” A alta taxa da mortalidade materna na ordem de 900/100.000 nados vivos ( mics-5 de 2014), reduzida para 328-436/100.000 em 2020; dados de instituto Marques Vale e Flores disse acrescentando que Neonatal de 0 a 1 ano 35,8/1000 nascidos vivos, reduzida para 13, 8/1000 em 2020 ” revelou

António Deuna falava na abertura hoje do atelier de dois dias sobre a situação da saúde materna na Guiné-Bissau, que teve lugar numa das unidades hoteleiras de Bissau.

Para o ministro da saúde pública, estas informações e dados estatísticos ainda revelam por si um quadro preocupante e interpela sobre maneira a ” nossa consciência coletiva ” tendo afirmado que o atual governo está engajado em levar a cabo conjunto de ações estratégicas e reformas profundas do sistema de saúde materna infantil na Guiné-Bissau.

Para a representante da União Europeia na Guiné-Bissau, Sona Neto a saúde materna e infantil é uma componente chave da saúde pública e tem estado no centro da estratégia de saúde da União Europeia.

O fórum que hoje inicia visa analisar o programa integrado para a redução da materna e infantil ( PIMI II), cujo início em 2017 e término para o ano 2021 financiado pela União Europeia num valor orçado em 22 milhões de euros.

A embaixadora da União Europeia garante ainda que os estados membros estão firmes am apoiar a Guiné-Bissau sair da lista dos países com mais baixo índice de desenvolvimento humano.

” Quero-vos assegurar que a União Europeia e os seus Estados membros, continuarão firmes em apoiar a Guiné-Bissau, para que possa sair da lista dos países com mais baixo índice de desenvolvimento humano ” Asseverou

O programa integrado para a redução da mortalidade materna e infantil (PIMI-II) que termina no dia 31 de Maio do ano em curso será assegurada através do projeto de fortalecimento dos serviços de saúde materna e infantil financiado pelo Banco Mundial, enquanto se aguarda o eventual estabelecimento da terceira fase agendado para o início de 2022.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x