Ministério da Administração pública vai combater funcionários fantasmas na administração pública guineense

O Ministério da aAdministração pública trabalho emprego e segurança social, avisa que manterá com a medida de controlo dos funcionários fantasmas na administração pública e admitiu que não tem nada a ver com a greve da UNTG.

O Secretário-geral do ministério da administração pública, Augusto Alberto, reage esta quarta-feira, 21 de Abril de 2021, em conferência de imprensa as últimas declarações proferidas pelo Secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores ( UNTG), Júlio Mendonça no qual denúncia as movimentações de dinheiro na conta do Instituto Nacional da Segurança Social.

O responsável assegurou que só com a marcação de faltas é que permite identificar funcionários fantasmas que segundo ele não trabalham mas ganham mais dinheiro.

Augusto Alberto esclarece que o ministério da administração pública não têm competências de acionar cheques para movimentar dinheiro do Instituto, salientando que está interessado também em saber tais movimentações como funcionário.

Alberto apela o entendimento entre o governo e a UNTG para estancar a greve em curso na administração pública do país.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: