Mercado financeiro: O Estado levanta 10,4 mil milhões de fcfa para o tesouro no mercado financeiro da UMOA

@admin

Para assegurar a cobertura das suas necessidades de financiamento orçamental, o Estado da Guiné-Bissau solicitou e obteve no mercado financeiro da UEMOA, na terça-feira 8 de Março de 2022, a soma de 10,400 mil milhões de CFA no final de uma emissão de 182 dias das notas do Tesouro organizada pela UMOA-Titres.

O estado, através da sua Direcção Geral do Tesouro e Contabilidade Pública, levantou no mercado financeiro da União Monetária da África Ocidental (UMOA) um montante de 10,4 mil milhões de CFAF (15,600 milhões de euros) no final da sua emissão de bilhetes do tesouro assimiláveis (MTD) com maturidade de 182 dias. Esta recolha de fundos destina-se a mobilizar poupanças de indivíduos e entidades jurídicas para cobrir as necessidades de financiamento do orçamento do Estado da Guiné-Bissau. Para o primeiro trimestre de 2022, as intenções das autoridades da Guiné-Bissau de emitir títulos públicos ascendem a

DESCRIÇÃO GERAL

O montante leiloado é 10 mil milhões FCFA e o montante total da oferta é 15,900 mil milhões FCFA. Isto dá uma taxa de cobertura de 159,00% do montante posto a concurso.

O montante das propostas aceites é de 10,400 mil milhões FCFA e o rejeitado de 5,500 mil milhões FCFA . Isto dá uma taxa de absorção de 65,41%.

Os investidores cujas propostas sejam bem sucedidas ganharão um rendimento de 2,81%.
Os GAT emitidos são reembolsáveis no primeiro dia útil após a data de vencimento de 6 de Setembro de 2022.

No entanto, os juros são pagos antecipadamente e são deduzidos do valor nominal das obrigações.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: