Mamadu Saido Baldé é o novo presidente do Supremo Tribunal de Justiça

O Juiz Conselheiro e Presidente da Câmara Civil do Supremo Tribunal de Justiça Mamadu Saído Baldé, nas primeiras declarações assegurou que é a hora do poder judicial assumir o papel histórico reservado aos operadores do judiciário.

E deixa um alerta, “Sabendo-se que o sistema de justiça tem debilidades antigas, não reparadas por razões de variada ordem, essas debilidades poderão exponenciar a ruptura do sistema em cenário de crise, se nada for feito e se não houver uma voz firme e determinada que aponte caminhos e soluções junto das instâncias competentes”.

Na corrida estava outro juiz Ladislau Imbassa candidato com 7 votos 1 a menos que o vencedor no universo de 15 votantes. O processo bastante disputado, que decidiu para os cargos a vice-presidente do tribunal, Lima Andre.

O novo presidente do Supremo foi vogal Juiz Conselheiro e Presidente da Câmara Civil do Supremo Tribunal de Justiça. Agora compromete-se a “procurar suprir as graves insuficiências que ainda persistem” no sistema de justiça, mantendo a sua integridade e “restituindo à comunidade os sentimentos de confiança e credibilidade indispensáveis à legitimação social do poder judicial”. Como presidente deste conselho por inerência de funções, promete actuar no sentido de preservar a independência do poder judicial e o prestígio dos tribunais.

O novo presidente ainda convida todos a unirem em torno do projeto, para desenclavar o setor da justiça tarefa essa que depende de todos, e que esta ciente e aberto para receber colaboradores ja o vencido parabenizou o vencedor coloca-se a disponibilidade para servir, Mamadu Saido Baldé sucede assim Paulo Sanha a cargo do presidente de supremo tribunal.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: