Mali: Bah N’Daw e o seu Primeiro Ministro Moctar Ouane libertados

Realizado no campo militar de Kati desde segunda-feira à tarde pela junta do Comité Nacional para a Salvação do Povo (CNSP), o agora ex-presidente da transição, Bah Ndaw, e o seu primeiro-ministro foram libertados na quinta-feira 27 de Maio.

Anteriormente, tinham sido recebidos em audiência ontem de manhã, quarta-feira 26 de Maio, por uma forte delegação da comunidade internacional, nomeadamente da CEDEAO, da União Africana e da UNMIS. A delegação, liderada pelo mediador da CEDEAO, Goodluck Jonathan, fez parte de uma primeira mediação destinada a encontrar uma solução para a crise no Mali desde o novo golpe dos soldados do CNSP, que estão descontentes com o novo governo anunciado na segunda-feira que não voltou a apontar dois do seu número.

“Quando chegámos, eles leram a sua carta de demissão que já estava pronta. Não podemos excluir que eles se tenham demitido sob coacção. Não apreciamos o método”, disse uma fonte diplomática da CEDEAO.

Como lembrete, o Coronel Assimi Goita tinha indicado na terça-feira à noite que tinha dispensado os dois homens que os acusavam de terem formado um novo governo sem o consultarem enquanto ele era o vice-presidente encarregado das questões de segurança. É o vice-presidente responsável pelas questões de segurança, assumindo por agora as rédeas da transição, com a promessa de organizar as eleições dentro do prazo inicialmente acordado.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: