Lutar contra o covid-19 não implica por em causa os direitos de liberdade dos cidadãos

A Associação juvenil para promoção de Defesa e Direitos humanos ( AJPDH) lança oficialmente nesta quinta-feira 18/06/2020, o projeto estado e cidadão.

O presidente da AJPDH, Vladimir Vitorino Gomes, falava a imprensa que o Projeto foi elaborado após um diagnóstico profundo tendo em conta a situação do país neste período de pandemia onde assistiram média de 1000 detenção e dezenas de espancamentos e insultos aos cidadãos pelos agentes de força e seguranças por violação de ordem e regras estabelecidas contra propagação do vírus que é um dos mais relevados situação diagnosticada por associação entre o estado e cidadão.

“Lutar contra o covod-19 não implica por em causa os direitos de liberdade dos cidadãos. E este projeto vai servir como elemento para sensibilização do estado atraves dos agentes de força e de ordem a fim de amelhorar relacao com os cidadãos” referiu o Vladimir.

O presente projeto visa ajudar no reforço do estado de direito, luta contra o covid 19 através de um incentivo republicana e pedagógica de força e defesa de segurança perante crises vividas durante o período da pandemia que será implementado através dos programas radiofônicos e digital com duração de dois meses e foi adotado por enquanto só na cidade de bissau.

O projeto conta com apoio do gabinete integral das Nações Unidas para consolidação da paz na Guiné-Bissau.
O presidente da AJPDH afirma ainda que o estado Guineense é um dos principais violadores dos direitos humanos.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x