Líder do Partido Congresso Africano repudia a governação do atual regime

Por: Laércia Valeriana Insali

Terça-feira 21/09/2021

Braima Djalo, declara que o Governo da Guiné-Bissau não está em condição de continuar a trabalhar para o país.

O Líder do CNA afirmou que o Governo provou que não tem reúni condições de trabalhar, pois que desde o início da governação não conseguiu estancar os maiores desafios e problemas que a sociedade enfrenta, a contar com saúde e educação, e cada vez mais está a empobrecer a Nação.

“Governo está a falhar e não tem pena da sociedade guineense, por isso digo que têm muita défice governativa” lamentou

Levando em conta a decretação do estado de Calamidade vigente no país quase um mês, Braima Djalo reconhece o perigo da pandemia. Por outro lado, expressou seu desagrado com as dificuldades que a população passa no dia a dia para sua sobrevivência, assim sendo, referiu que o Governo deve manter o povo informado.

De outro lado, manifestou-se desapontado com a situação de rodovia de Safim que está em mau estado, e até ao momento nao é registada progressos na construção da Autoestrada. Portanto, garantiu que se o governo não tem condições para a construção daquela rodovia, o CNA tem parceiros que podem financiar as obras.
Dado isso, demonstra que uma boa governação passa por servir o povo com dignidade, honestidade, tolerância e inclusão.

No entanto, Djalo explicou que, no início do mandato o Partido Congresso Nacional Africano esteve ao lado do atual regime porque tinha prometido servir o país de uma forma diferente mas provaram que são “piores”.

Diante disso, acredita que o mais correto a fazer para mudança de paradigma é sair nas ruas para exigir boa governação.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x