Jovens guineenses sonham retribuir Capital Bissau, o estatuto da cidade mais limpa da África ocidental.

Para tornar o desejo numa realidade, os jovens do “Colectivo Nô Resgata Cidade de Bissau, o projecto Nó Rapada Ambiente”, Homens Novo, entre outros grupos desencadearam acções de limpeza nas principais avenidas e ruas da capital.
Para Isabel Almeida, é necessário comover a sociedade com a prática de boa educação, e sensibiliza-los sobre a forma de tratar lixo nas cidades.

Ainda a activista, adiantou que, acções desse módulo visa contribuir para o desenvolvimento urbano e promover uma cultura de preservação e de gestão racional do espaço público, através de saneamento e a manutenção da higiene das cidades.
Por outro lado, a activista sustenta que, jovens estão engajados na luta, e querem tornar Bissau numa das cidades mais limpas da costa ocidental, e não só mais sim do continente africano.

De recordar que, na década oitenta, após a independência Bissau era considerada uma das mais limpas da costa ocidental, e o SAB limitava-se de chapa á Bissau velho, com o número inferior a cem mil habitantes.
Mas com a descentralização da cidade adoptando um plano urbanístico que segundo a câmara era apropriado, nos anos noventa nota-se o reflexo negativo das sujeiras na capital, que culminou com a perda do estatuto de uma das cidades mais limpa da costa ocidental, para uma das mais sujas do continente negro.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x