ITA promove seminario sobre a valorização das línguas maternas

O instituto de tradução de alfabetização reúne com os representantes dos diferentes grupos étnicos no país para juntos darem mais vitalidade as línguas maternas.

O seminário iniciado na manhã desta segunda-feira, 21-03-2022, no centro cultural francês em Bissau, tem como objetivo principal, de saber o número exato das etnias e como dar mais vida as línguas maternas, que segundo o diretor executivo de ITA, estão a desaparecer pouco a pouco, “algumas línguas maternas estão a desaparecer no país, um Facto que não nos agrada, mas com este seminário vamos tentar fazer para que tudo seja regularizada”. assumiu

Miguel indeque, ainda referiu que está em plano a criação de uma plataforma digital sobre as línguas maternas do país para melhor conhecê-las, e como as suas implementações nos deferentes setores, “está a ser trabalhada para que as línguas maternas sejam estudadas de forma digital e suas aparições em deferentes locais de convívio”.

João Cornélio em representação do ministério da cultura e desportos, disse que a iniciativa é louvavel e bem recebida por parte da instituição que representa, prometeu dar a continuidade do trabalho, “este tipo iniciativa sempre é louvável, por isso vamos acompanhar o desenrolar do processo”.

O instituto de tradução de alfabetização (ITA), foi criada em 2014 com intuito de saber quantas e quais são as etnias existentes no país. No primeiro dia do seminário esteve presente sete étnias, balanta, mansoanca, papéis, bijagos, manjacos, mancanhas, o seminário continua até dia 24 de mês do março do ano em curso.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: