iniciou-se no país seminário na matéria de migração aos jornalistas

Organização Internacional para as Migração (OIM) realiza hoje 20 de Abril de 2021, um Seminário com Jornalistas da Guiné-Bissau sobre Migração que terá uma duração de três dias (20 a 22) num dos hotéis da Capital.

No ato da abertura Chefe da Missão da OIM na Guiné-Bissau Fátima Teixeira disse que, o seminário tem por objetivo capacitar os jornalistas sobre a migração porque tendo em conta o papel que desempenham no processo da formulação da opinião portanto os jornalistas é quem melhor compõe as informações para serem veiculadas de uma forma professional.

Chefe da Missão da OIM na Guiné-Bissau Fátima Teixeira

“nos sabemos que muitas vezes as informações chega de uma forma distorcida e daí que achamos melhor forma de abraçar esse problema da migração, é trabalharmos junto”.

Questionada pela imprensa sobre situação dos migrantes guineenses no mundo? respondeu que, a situação de facto depende de onde os guineense estão.

“Tendencialmente sabemos que há uma grande comunidade guineense em Portugal tendo em conta a língua e o apoio a comunidade no que diz respeito à migração para Portugal, diria que estão bem desde que façam de uma forma regular e ordenada, que não ponham em risco a sua vida e a sua dignidade”, disse.

A reintegração dos migrantes guineenses em Portugal facilita muito tendo em conta grande comunidade que lá se encontram. Desta forma espero que os jornalistas possam interagir uns com os outros e trocar informações e depois transmitir as comunidades com transparência a quem precisa de informação.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: