Idrissa Djaló pede guineenses a absterem-se da violência

Por: Martinho Mendes

O líder do Partido da Unidade Nacional (PUN), pediu esta sexta-feira, 04-02-2022, a sociedade guineense para absterem-se da violência.

Idrissa Djaló, manifestou igualmente a sua preocupação com ondas de violências que abalam o país sobre fazendo alusão ao último acontecimento trágico registado na sede do executivo guineense no dia 1 de fevereiro corrente.

As inquietação foi registada na Palácio presidencial, a margem de uma audiência com Umaro Sissoco Embaló, no qual disse, a democracia é conjugada com as divergências políticas.

O político repudia todos os atos de violência política frisando que o país não pode continuar com as ondas de violências que estão cada vez a minar o desenvolvimento social.

Djaló disse não concordar com o enviou dos militares da CEDEAO salientando que, nenhuma força deve substituir o povo da Guiné-Bissau.

“Nenhuma força do mundo pode substituir o povo guineense em trabalhar na afirmação da paz, estabilidade e respeito da vida humana”.

Idrissa Djaló apela o povo da Guiné-Bissau a trabalharem na pela paz, democracia e sobretudo o respeito às regras e demais leis da república.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: