Ibraima Sanha apela a realização das chamadas de alerta (ahzan) de cinco horários da reza nas diferentes mesquitas do país.

O apelador islâmico Ibraima Sanha vulgo (Dukune), promoveu hoje num dos hotéis da capital, uma conferência de imprensa para esclarecer aos muçulmanos sobre as medidas impostas pelas autoridade nacionais entre elas fecho das mesquitas. Este responsável esclarece que em nenhum momento as autoridades guineenses impediram aos muçulmanos a procederem chamada de alerta (ajam) nos horários habituais da reza nas diferentes mesquitas do país.

Sanha apela aos Imames e muçulmanos do país no sentido de respeitarem as orientações impostas pelas autoridades face a combate contra a pandemia do coronávirus que tem verificado na Guiné-Bissau. Mas também, deixou ainda um apelo a todos os fiéis muçulmanos para que os cinco horários da reza sejam transmitidos como forma de alertar aos fiéis para cumprirem a reza nas suas respectivas casas. Este responsável islâmico fez lembrar que o fecho das mesquitas não é a primeira vez que acontece no mundo, este fenómeno tinha acontecido desde os tempos de profeta Mohamad SAS que na época orientava aos seus seguidores a rezarem em casa como forma de prevenir as calamidades que se verificavam na altura.

 Devemos rezar em nome de Deus para que esta pandemia ultrapasse no mundo e em particular na Guiné -Bissau exortou Ibraima Sanhã.    

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x