Guiné-Conacri ja se encontra livre do vírus ébola

O ressurgimento da epidemia do vírus Ébola, desde meados de Fevereiro no sudeste do país, as autoridades sanitárias da Guiné, apoiadas pela comunidade internacional, têm conseguido circunscrever e parar completamente a circulação do vírus.

A Agência Nacional para a Segurança Sanitária da Guiné (ANSS) tinha começado há um mês e meio, um período de observação para se tranquilizar com a certeza do fim da epidemia.

Nenhum caso novo foi registado durante os 42 dias de observação. É à saída do último paciente curado de Ébola do centro de tratamento epidemiológico de N’Zerekoré em 24 de Abril de 2021 que as autoridades sanitárias guineenses iniciaram a contagem decrescente da fase de observação.

Durante um (1) mês e meio, que corresponde ao período de incubação do vírus, nenhum caso novo foi notificado, pondo de facto um fim ao ressurgimento da epidemia.

O país está a preparar-se para anunciar oficialmente este sábado, 19 de Junho.

Deve dizer-se que, num contexto de pandemia global Covid-19, a comunidade internacional tomou nas suas próprias mãos o apoio à Guiné para conseguir circunscrever rapidamente este novo surto que partiu de um doente que sobreviveu à epidemia de 2014 – 2016, e que causou quase 3000 mortes no país.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x