GUINÉ-BISSAU: O CHEFE DE ESTADO VISITA BELEM

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló de partida para Lisboa, assegurou que sua presidencia tende a melhorar laços de amizades e de cooperação com o Portugal, que ele considera ser padrinho da nação Guineense no velho continente.

O Chefe de Estado que falava a imprensa no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, em Bissalanca, hoje, numa visita oficial de três dias à Lisboa a convite do seu homólogo Português.

Primeiro Magistrado guineenses, visitará as outras intituições como Assembleia da República Portuguesa, Sede da CPLP, e a comunidade guineenses residentes em Lisboa.

A chefe da Diplomacia Guineense estará na comitiva do Chefe de Estado General Umaro Sissoco Embaló nesta deslocação.

A questão que nao deixou escapar foi a de, se terá possibilidade de haver um encontro com seu adversario e lider da fila dos PAIGC Domingos Simões perreira, retorquio:

“Se ele pedir-me uma audiência na qualidade do Presidente da República da Guiné-Bissau, eu sou obrigado a recebe-lo como líder de uma formação política. Vou fazer o mesmo com qualquer líder de um partido político do país. Uma coisa que é bom salientar que agora nao existem na Guiné-Bissau estatutos de cidadão especial”, esclareceu.

Acrescentou ainda que o presidente do PAIGC é igual a outros presidentes caso do Madem – G15, Braima Camará, Alberto Nambeia do PRS, Idrisa Dlajó do PUN entre outros.

Disse que agora a Guiné-Bissau não é Texas, onde cada um pode ter milícias, isto acabou desde o dia 29 de dezembro, “cé terminé”, disse.

Relativamente a exigência do PAIGC de liderar o eventual Governo de inclusão, o Presidente da República disse que ele não é uma pessoa ingrata, que utiliza alguém e depois deita-la no lixo, “todas as coisas é negociável, mas menos cabeça de Nuno Na Bian, como Primeiro-ministro, posso negociar até Presidência da República, menos chefe do Governo, sou pessoa que cumpre com suas palavras”.

Defendeu nunca arrancar conflitos gratuitos, sobre tudo com o chefe de Governo, “so o farei caso esteja implicado em casos de corrupção, fatos que que nao coabito”.

Embaló, Promete incluir a imprensa nas suas deslocações futuras, e que reconhece o papel importante que o quarto poder tem desempenhado.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x