GUINÉ-BISSAU: GOVERNO REFORÇA CAPACIDADE DE FISCALIZAÇÃO MARÍTIMA AO FISCAP.

O governo guineense através do Ministério das Pescas entregou esta quinta-feira 03 de Setembro de 2020 ao serviço nacional de Fiscalização e Controle das Actividades de Pesca (FISCAP), rádios de comunicação, GPS, coletes de salva-vidas, com objectivo de reforçar a capacidade do serviço, no combate a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada nas águas territoriais.

O ato que teve lugar na direção geral do FISCAP em Bissau, foi presido pelo Secretário-geral do Ministério das Pescas Maurício Sanca, que na ocasião, afirmou que com a entrega dos equipamentos, o governo pretende reforçar a capacidade de inspecção do FISCAP e outras estruturas intervenientes no sistema de fiscalização das águas territoriais combatendo assim, a pesca ilegal, não regulamentada e pirataria.

Maurício Sanca informou ainda que, a aquisição dos equipamentos foi garças a União Europeia no quadro do seu fundo sectorial e, visa também reforçar a capacidade de mecanismos controlo no diz respeito a observação de normas e conformidades. Tendo exortado um bom uso dos mesmos com vista a alcançar os objectivos estratégicos definido pelo ministério.  

Por sua vez, o coordenador geral do Serviço de Fiscalização e Controle das Actividades de Pesca Vladimir Djomel disse que os materiais recebidos, para além de ” garantir a vida dos observadores vai também ajudar a direção técnica e operativa, como sendo responsável para incrementar política de fiscalização da zona marítima, na melhoria de inspecção e comunicação dos agentes através de satélite “.

” Os equipamentos recebidos vão reforçar ainda mais a capacidade dos nossos a gentes observar monitorizando todas as atividades marítimas ou seja para além de garantir a vida dos observadores vai também ajudar na melhoria de inspecção e comunicação dos agentes através de satélite ”  

De acordo com Djomel nos últimos tempos tem se diminuído ” drasticamente ” a apreensão de barcos piratas nas águas territoriais tendo anunciado que ” barcos com licenças são dos mais apreendidos no últimos tempos “. Contudo, alertam que o processo de fiscalização deve ser encarado com uma tarefa de todos.     

Vladimir Djomel defendeu que o objectivo de FISCAP não se limita só apreensão dos barcos, mas sim, sensibilizar para conservação dos recurso marinhos, zelar pela pesca racional e lutar contra atividades ilícitas como também acabar com rede mono filamento e os acampamentos nas zonas insulares.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x