Guiné-Bissau: Eventos Culturais, Sociais, políticas e funcionamento das discotecas estão proibidas por trinta dias

Por: Laércia Valeriana Insali

Governo da Guiné-Bissau através da presidência do Conselho dos Ministros, decretou ontem 03/02/2022 Estado de alerta a saúde publica em todo território Nacional.

A decisão concerne ao aumento de casos e óbitos causado pelo Covid-19 nas ultimas semanas.

As diretrizes impostas pelo Governo estabelecem medidas temporárias, excecionais e restritivas de alguns direitos, liberdades e garantias para funcionamento dos serviços públicos e privados no âmbito de combate a Covid-19.

O funcionamento dos estabelecimentos de ensinos estão autorizado, desde que cumprem as regras impostas pelas autoridades sanitárias como a vacinação completa, uso obrigatório de mascaras ( a partir de mais de 11 anos).
Mas, a realização de eventos culturais, Sociais e de caracter politica, assim como o funcionamento das discotecas não são permitidas.

Os Transportes públicos estão permitidos a circular, contanto que os passageiros e o condutor apresentem cartão de vacinação, caso contrario, condutor terá a multa de 2000 a 5000fcfa enquanto os passageiros 1000fcfa.

Durante os trinta dias, governo autoriza as atividades religiosas (cultos) observando as medidas de distanciamento e uso correto de mascaras, bem como o funcionamento dos mercados de segunda a domingo, das 05h a 18h.

A duração do presente decreto é de trinta dias, com inicio hoje 04/02/2022 até 05/03/2022.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: