Grupo P5: reage ao ataque a instalações da Cfm

O grupo de cinco (5) parceiros internacionais da Guiné-Bissau, conhecido como “Grupo P5”, nomeadamente a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), a União Africana (AU), a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a União Europeia (UE) e as Nações Unidas (ONU), souberam com espanto e muita preocupação que, no domingo dia 26 de Julho de 2020, foram perpetrados actos de vandalismo nas instalações da Rádio Capital FM em Bissau, por homens armados fardados.

Tais actos, que violam a liberdade de expressão e o direito à informação das pessoas, são repreensíveis num Estado de direito e minam seriamente a liberdade de opinião, que é fundamental nos Estados democráticos.

Por conseguinte, o Grupo P5:

Condena veementemente estes actos, os seus autores e a destruição das instalações da Radio Capital FM.

Convida as autoridades competentes a tomarem as medidas necessárias para identificar os perpetradores, para que possam ser responsabilizados perante a justiça.

Finalmente, solicita às autoridades competentes que criem e garantam condições de segurança para os meios de comunicação social, bem como a necessária protecção dos jornalistas, para que estes possam realizar o seu trabalho livremente.

Feito em Bissau, 29 de Julho de 2020

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x