Governo rubrica acordo de cooperação com as Nações Unidas para próximos quatro anos

Por: Ussumane Baldé

O governo da Guiné-Bissau e sistema das nações unidas assinaram o quadro de cooperação para os próximos quatros anos ou seja de 2022 à 2026 que, terá como meta a atingir a execução da agenda 2030 e da agenda 2063 da união africana.

O ato da assinatura teve lugar no Palácio do governo salão nobre Francisco João Mendes”Tchico Té” na qual a ministra de Estado dos negócios estrangeiros, cooperação internacional e das comunidades, Suzi Carla Barbosa disse que, o acordo celebrado Constitui um novo quadros de cooperação entre o governo da Guiné-Bissau e as Nações Unidas reconhecendo o empenho demonstrado na estabilização política e do desenvolvimento económico e social do país.

A governante afirmou que, as Nações Unidas assumem um papel de produtor global do desenvolvimento nas perspectivas de criar condições propícias a realização do desenvolvimento sustentável como recomenda agenda 2030 e 20603 da União África.

Barbosa realçou que, novos quadros assinado está alinhado com os princípios e objetivos do plano de desenvolvimento nacional 2020-2023 “Hora Tchiga” na consolidação da paz.

Suzi indicou três principais objetivos das quais “A governação deve incluir a democracia, justiça reformas do sector da segurança, direitos humanos, luta contra os tráficos de drogas e de humanos e crime transacional, o desenvolvimento econômico e ambiente biodiversidade, mudanças climáticas e gestão de catástrofes naturais e o desenvolvimento de capital humano.

Por sua vez o coordenador residente do sistema das Nações Unidas Mamadou Diallo disse que a cerimônia da assinatura simboliza o compromisso entre o sistema das Nações Unidas e o governo da Guine-Bissau como o virar da página da instabilidade política no país felicitado assim as autoridades do guineenses resposta socioeconómico da pandemia do novo coronavírus.

” felicito o governo e todos parceiros de desenvolvimento na Guiné Bissau pelas iniciativas e intervenções coordenadas até a data presente no combate a pandemia”.

“ A trajetória do desenvolvimento sustentável, paz e estabilidade pleno, o respeito pelos direitos humanos e na promoção de igualdade de gênero baseada no princípio de não deixar ninguém para atrás” afirmou Diallo.

O Governo da Guine-bissau e o sistema das Nações Unidas assinaram o Quadro de Cooperação para os próximas quatro anos (2022-2026), com o objetivo de atingir a execução da Agenda 2030 e da Agenda de 2063 da União Africana.

As prioridades apresentadas no quadro da cooperação resulta do processo inclusivo, participativa das instituições nacionais, organizações da sociedade civil sector privado e parceiros regionais e internacionais.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: