Governo e UNFPA lança projeto de melhoria saúde juvenil

Por: Ussumane Balde

Lançamento do referido projeto de melhoria da saúde juvenil para o aproveitamento do divedindo demográfica (yedd),foi testemunhado por representante do governo e do fundo das nações unidas para população ( UNFPA)

Logo após o ato de assinatura, presidente do instituto juventude em representação do secretário de estado da juventude e desporto, Presidente do instituto nacional de juventude Namir Silva Morgado, satisfeito com a parceria, garante que isto vai ainda mais reforçar o projeto iniciado pelo governo.

“Com esta parceria o governo vai alcançar mais um objetivo no seu cronograma face a saúde dos jovens guineenses e não sem negligenciar que até agora a mutilação genital feminina está a ser praticado de forma escondida que é muito perigosa para a camada feminina que é a mais vulneráveis”,disse.

E por parte da representação do fundo das nações unidas para população (UNFPA) Cheik Fall, Realcou a importância da parceria assinado com governo.

“A parceria do UNFPA com a secretária de estado da juventude e desportos, será vital para o sucesso deste projeto,e contamos também com a participação de todos os intervenientes, vamos trabalhar juntos para elevar os jovens e mulheres,dando-lhes o apoio de que necessitam,para alcançarmos os três resultados transformadores,ou seja um mundo onde cada gravidez é desejáda,cada parto é seguro e o potencial de cada jovem é realizado”

O projeto está dividido em três componentes:

1. Saúde Juvenil: garantir a disponibilidade e acesso a serviços de saúde adaptados aos adolescentes e jovens para aumentar o bem-estar. Que inclui estratégias como o desenvolvimento de capacidade de serviços de saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes e jovens (SSRAJ); integração de serviços amigos dos jovens nas unidades de saúde para lidar com as barreiras lidar com as barreiras relacionadas a demanda; adotar uma abordagem multissetorial para abordar vulnerabilidades específicas, incluindo Mutilação Genital Feminina (MGF), casamento infantil e gravidez na adolescência.

2. Empoderamento dos Jovens: Criação de um ambiente propício para o empoderamento e liderança dos jovens. Que inclui estratégias como estabelecer um ambiente propício para garantir os direitos, igualdade e a equidade dos jovens; capacitação e envolvimento dos jovens nos processos e políticas nacionais de desenvolvimento socioeconómico, assim como na tomada de decisão sobre políticas que os afetam; apoiá-los no acesso a esses órgãos de decisão

3. Mudança Social e Comportamental. Inclui estratégias como sessões de advocacia direcionados a líderes e decisores políticos, e líderes jovens sobre a importância da melhoria da saúde para reforçar a produtividade económica dos jovens; assim como o seu potencial de empreendedorismo.


A implementação do projeto será coordenada e acompanhada pela Secretaria de Estado da Juventude e Desporto que irá liderar e acompanhar as atividades a nível nacional e regional para uma implementação eficaz.

É de lembrar que está parceria de governo guineense e da fundo das nações unidas para população UNFPA é válido até por três anos e visa combater a saúde juvenil e em principal casamento forçado e mutilação genital feminina.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: